24 de fevereiro de 2021

Prefeitura de Mucuri reabastece de medicamentos a Central Farmacêutica do Município

CAF devidamente abastecida no segundo mês do novo governo

No início desta nova gestão em Mucuri, a administração municipal modificou sua estrutura operacional, a fim de gerar economia e mais eficiência. O município está trazendo novas licitações e adequações para adquirir, por exemplo, os medicamentos da CAF – Central de Abastecimento Farmacêutico, que após os trâmites estão chegando para suprir a demanda da população de Mucuri. A maioria dos itens da CAF já chegaram e alguns poucos restantes, chegam no início do próximo mês.

CAF desabastecida quando a atual administração assumiu

A Secretaria Municipal de Saúde de Mucuri já fez um cronograma de trabalho para 2021 e afirma que não terá mais falta de remédios, de fraldas geriátricas e nem das fitas de teste HGT para diabéticos. Com isso a Prefeitura Municipal coloca em dia um dos setores mais requisitados pela população e garante um atendimento de maior qualidade.

“Estamos trabalhando em busca da adequação financeira, modificando estrutura e forma de ação, mas a saúde não terá cortes de investimento, ao contrário, será sempre um dos pilares do nosso esforço e por tanto não deve haver mais falta de medicamento”, disse o farmacêutico bioquímico Fernando Jardim, secretário Municipal de Saúde em Mucuri, que nesta gestão recebeu a missão de superar a crise que atingia o município e inovar nos serviços da saúde pública em Mucuri.

Medicamentos sendo descarregados dos caminhões

“Recebemos a CAF – Central de Abastecimento Farmacêutico sem medicamentos e sem material hospitalar. Mas no firme propósito de levar uma saúde de qualidade para a população de todo o município, o prefeito Robertinho nos determinou de imediato que realizássemos a devida aquisição de medicamentos que acaba de chegar a nossa farmácia básica, para atender o cidadão hipertenso, diabético, cardíaco e também atender a demanda da saúde mental. O governo do prefeito Robertinho não vai tolerar a falta de medicamento em nosso município e seguiremos firmes e focados na missão de entregarmos uma saúde digna e humanizada para todos”, acrescentou o secretário Fernando Jardim.

O secretário de Saúde de Mucuri, Fernando Jardim ainda informou que nos próximos dias chega uma outra grande quantidade de alguns medicamentos que ainda estão faltando na CAF, dentro da previsão das empresas responsáveis que fizeram o compromisso de entregar a nova remessa na primeira semana de março. Jardim, salientou ainda que havia cinco meses que o município não recebia uma quantidade significativa de medicamentos e que as novas diretrizes tomadas no sentido de manter a farmácia do município surtida em favor do paciente mucuriense é um compromisso do prefeito Robertinho.

Prateleiras da CAF sendo reabastecidas

A CAF – Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) integra o serviço do setor de Farmácia, e é responsável pelo armazenamento e controle dos estoques de medicamentos das unidades médicas do município. Além disso, se responsabiliza pela solicitação de compras dos medicamentos e materiais hospitalares, recebendo, cadastrando e organizando o estoque para posterior distribuição aos demais setores. Seleciona as doações de medicamentos, materiais e nutrições, além de receber materiais que serão utilizados em cirurgias (OPME) e encaminhar os medicamentos para o Hospital, Clínica e as unidades de ESFs.