21 de agosto de 2022

Recém-nascido é transferido em UTI Aérea com urgência de Mucuri para Salvador

A Prefeitura de Mucuri, através da Secretaria Municipal de Saúde, transferiu um bebê com 3 dias de nascido, para Salvador, em situação de urgência. O Hospital Maternidade Climério de Oliveira, que recebeu este paciente na tarde deste domingo (21), é a primeira maternidade-escola construída no Brasil, bem como, uma das pioneiras no desenvolvimento de pesquisas na área de obstetrícia.

A transferência ocorreu por meio de uma UTI Aérea conquistada pela Prefeitura de Mucuri através da Secretaria Municipal de Saúde junto à Secretaria Estadual de Saúde da Bahia (SESAB). O avião decolou do município de Mucuri com destino à capital do estado, transportando um médico responsável que acompanhou o trajeto junto com o paciente e um familiar.

De acordo com o relatório médico, a criança nasceu no Hospital São José em Itabatã, dentro do período gestacional adequado, porém apresentou algumas complicações logo após o nascimento. O bebê não chorou ao nascer, e desde então, mostrou-se com sinais fortes de hipotonia (fraqueza muscular), necessitando a reanimação neonatal. Realizadas as manobras, inclusive com exames de avaliação da resposta em frequência cardíaca, respiração, atividade (tônus muscular), reflexos (irritabilidade reflexa) e cor da pele – Apgar, apresentando pouca melhora e evoluindo para desconforto respiratório, houve a necessidade de incubação para monitoramento do quadro clínico e suporte respiratório.

Durante a amamentação, a equipe médica observou a respiração oral com palato ogival no recém-nascido, o que dificulta a respiração e deglutição, e possivelmente, outras complicações. Por não possuir no HSJ a UTI pediátrica, mais indicada a pacientes que precisem de cuidados especiais, já que possui recursos adequados, tanto de pessoal, quanto tecnológico para prestar assistência completa, foi solicitada em caráter de urgência a remoção.

O secretário Municipal de Saúde de Mucuri, o farmacêutico bioquímico Fernando Jardim, explicou como foi possível realizar a transferência em tempo recorde. “O Hospital de encaminhamento é considerado um Centro de Referência em ginecologia e obstetrícia. E tudo foi mais fácil, porque há uma credibilidade do prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa (UB) junto ao Governo do Estado, frente à Secretaria Estadual de Saúde da Bahia – SESAB. Principalmente com a preocupação de “Robertinho” diante do cuidado à vida dos nossos pacientes, o que tem sido uma orientação constante dele com a equipe de saúde”, comentou o secretário, Fernando Jardim.

Em tempo, o secretário informou que a equipe de Saúde acompanha os primeiros atendimentos e presta todo apoio à família do recém-nascido.

Skip to content