02 de maio de 2021

Robertinho diz que medidas amargas do início da gestão levarão o município de Mucuri a grandes vitórias

O prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa, o “Robertinho” (DEM), concedeu uma entrevista de 01h20 ao Jornal 97 da Rádio Três Corações 97,5 FM de Itabatã, ao meio-dia desta última sexta-feira (30/04), no dia que completou exatos 120 dias de governo no município de Mucuri. O prefeito Robertinho foi entrevistado pelo radialista e jornalista Rubens Floriano e respondeu perguntas tanto do apresentador quanto dos ouvintes que usaram o WhatsApp para tirarem as suas dúvidas junto ao gestor.

O prefeito começou respondendo como encontrou a realidade financeira do município de Mucuri e descreveu passo a passo as medidas que foram precisas serem estabelecidas para que o município tivesse as reais condições de governabilidade. Disse também que o corte na folha de pessoal foi preciso, onde foi detectado centenas de pessoas recebendo do município de Mucuri e prestando serviços a outros municípios ou a empresas privadas. Servidores já aposentados e recebendo um novo salário do município por possuir nomeações e ficando em casa por causa da pandemia, tomando lugares de outras pessoas. Destacou que teve que tomar medidas amargas para que o município de Mucuri possa desfrutar de boas condições num futuro próximo e obter grandes vitórias.

“Herdamos muitos problemas, além do sucateamento da frota de veículos, principalmente da saúde, herdamos também os salários atrasados dos servidores de novembro e dezembro, o 13º salário sem pagar dos funcionários aniversariantes de outubro, novembro e dezembro, dívidas com obrigações do município, precatórios, repasses públicos e com o Instituto Nacional do Seguro Social, tanto que tivemos o principal recurso do município todo bloqueado pelo INSS nos meses de janeiro, fevereiro e março em razão da falta de quitação do gestor que me antecedeu. E nós tivemos que nos sacrificar neste início de governo, para pagar todas estas dívidas herdadas”, disse o prefeito Robertinho.

Ao ser indagado porque Mucuri tem sido o único município da região que não está recebendo repasses financeiros do governo federal em suporte ao combate a pandemia da Covid-19, o prefeito Robertinho confirmou que em 2021 o município não recebeu nenhum tostão, esclarecendo que o gestor anterior que é médico, tinha até o dia 30 de novembro para alimentar o sistema da saúde pública e manter o município no cadastro para o recebimento do dinheiro, mas como perdeu a eleição, não deu importância para o futuro do município. No entanto, disse que agora tenta em Brasília reverter esta situação, mas tem sido difícil.

Provocado, o prefeito Robertinho explicou que desde de janeiro que reestabeleceu uma parceria com o Hospital São José de Itabatã para que os munícipes pudessem ter uma alternativa decente na saúde pública no município, tanto que em abril repassou mais R$ 668.196,78 ao Hospital São José, onde foi implantada a tão sonhada Maternidade Municipal e a Ala Especial de Covid. Enalteceu o programa “Melhor em Casa” que acabou de ampliar, onde uma equipe multidisciplinar atende no domicílio do paciente no intuito de humanizar a saúde no seu governo. Disse que vai inaugurar a UPA-24h ainda este ano em Mucuri e que vai ampliar a frota de veículos da saúde pública.

Ao ser perguntado como está a parceria do seu governo com o governo da Bahia, tendo em vista que o prefeito é do DEM e o governador é do PT, o prefeito Robertinho demonstrou um gesto de gratidão. “Estamos enfrentando uma das maiores crises na saúde pública já vivida no planeta terra. Em Mucuri a nossa preocupação e as nossas ações são permanentes para salvar vidas e pouco importa se a minha sigla é o DEM e do governador é a do PT. Só estamos tendo este êxito de salvar nossos irmãos mucurienses, graças a ajuda do Governo da Bahia. Devo ser imensamente grato e reconhecer que o governador Rui Costa tem sido um grande amigo do povo de Mucuri. Com Deus na frente, os nossos profissionais da saúde e a mão amiga do governador Rui Costa temos promovidos verdadeiras operações de resgate neste município. Independente de sigla partidária, nossa missão aqui é salvar vidas. E mais uma vez, nosso agradecimento à equipe da Secretaria de Estado da Saúde pela permanente interlocução com a nossa Secretaria Municipal de Saúde”, reconheceu o prefeito Robertinho.

O prefeito falou da campanha atualmente idealizada no município de Mucuri, denominada “Nenhum aluno fora da escola” que pretende matricular este ano 8 mil estudantes, dizendo que o intuito é conscientizar os pais de alunos e ultrapassar a meta do governo municipal, não se permitindo nenhuma criança e nenhum adolescente fora da sala de aula este ano. E sobre um vídeo que gravou mostrando as condições da BR-101 no município de Mucuri e que no dia seguinte foi obrigado em parceria com o Consórcio Construir promover uma operação tapa buracos no trecho, o prefeito Robertinho disse que obteve contato do DENIT e anunciou para breve a recuperação da BR-101 do trecho compreendido entre o distrito de Rancho Alegre em Caravelas até o trevo de acesso à cidade de Mucuri. Bem como também a SEINFRA manteve contato para recuperar a BA-698.

O prefeito Robertinho falou dos trabalhos de recuperação de ruas e alamedas do município. Disse que em breve se pronunciará sobre a tão sonhada ponte sobre o rio Mucuri, que ligará a sede ao balneário de Costa Dourada. Enalteceu as obras atuais sobre a implantação da água encanada no bairro Caribe-II em Itabatã e das obras de pavimentação que está realizando na Avenida Costa Rita, no bairro Cidade Nova, em Itabatã. E finalizou a entrevista demonstrando total repulsa com as condições básicas no saneamento dos bairros Cidade Nova e do bairro Triângulo Leal, prometendo trabalhar duramente para conquistar recursos federais para sanar os problemas